Orçamento do Pará preocupa Jatene

Governador eleito considera insuficientes R$ 200 milhões para investimentos na LDO 2011

Pollyanna Bastos, iG Pará |

O governador eleito no Pará, Simão Jatene (PSDB), se disse “apreensivo” em relação ao orçamento do Estado para seu primeiro ano de exercício do mandato, que começa dia 1º de janeiro. O principal motivo da preocupação é o baixo índice de investimentos previstos na Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) para 2011..

Na proposta da LDO para 2011, apresentada pela atual gestão, governadora Ana Júlia Carepa (PT), está prevista apenas a aplicação de R$ 200 milhões em recursos do tesouro para investimentos. De acordo com Jatene, áreas como a segurança pública e assistência social não têm recursos de investimento previstos.

A falta pode ser coberta com a captação de crédito, também prevista no orçamento, mas o recurso não é garantido. O coordenador de transição do novo governo, Sérgio Leão, também se declarou “preocupado” com o orçamento “apertado,” que segundo ele pode criar uma "limitação financeira" para o próximo governador.

Em visita à Assembléia Legislativa do Pará, na tarde de ontem, Jatene afirmou que a principal preocupação é "manter o orçamento funcionando, mas para isso é preciso ter recursos."

    Leia tudo sobre: política

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG