Oposição quer convocar ministros para explicar denúncia

Líder do PSDB no Senado, Alvaro Dias quer ouvir ministros dos Transportes, Cidades, Agricultura, Energia e Desenvolvimento Agrário

AE |

selo

No primeiro dia de trabalho depois do recesso parlamentar, o líder do PSDB no Senado, Alvaro Dias (eleito pelo Paraná), apresentou hoje requerimentos pedindo a convocação de cinco ministros em diferentes comissões da Casa para explicar denúncias surgidas durante a folga dos senadores. Os requerimentos de Dias pedem as presenças de Paulo Sérgio Passos (Transportes), Mário Negromonte (Cidades), Wagner Rossi (Agricultura), Edison Lobão (Minas e Energia) e Afonso Florence (Desenvolvimento Agrário).

A convocação de Passos já tinha sido pedida pela oposição durante o recesso parlamentar. A intenção é de que ele dê explicações sobre as denúncias de corrupção que já derrubaram mais de 20 integrantes da cúpula do Ministério dos Transportes. Passos era secretário executivo e foi efetivado na função.

No caso de Negromonte, espera-se que ele esclareça as denúncias de aparelhamento político e cobrança de propina na pasta presentes em reportagem da revista Isto É. Já de Wagner Rossi a intenção é ouvir resposta às acusações feitas por Oscar Jucá Neto, irmão do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR). Em entrevista à revista Veja, Oscar afirmou haver aparelhamento da área por PMDB e PTB.

Edison Lobão, por sua vez, poderá ser chamado na Comissão de Infraestrutura para falar sobre as denúncias de irregularidades na Agência Nacional de Petróleo (ANP), enquanto de Afonso Florence a oposição quer explicações sobre acusações de irregularidade na venda de terras de assentamentos.

    Leia tudo sobre: oposiçãogoverno

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG