Oposição pede investigação sobre Palocci em São Paulo

Líderes do PSDB e do DEM e senadores do PSOL e PMDB encaminham pedido de investigação à procuradoria em São Paulo

iG São Paulo |

A oposição protocolou um pedido de investigação sobre o ex-ministro da Casa Civil Antonio Palocci na Procuradoria Regional da República em São Paulo. Na ação, a oposição pede investigação por suposta prática dos crimes de falsidade ideológica, sonegação fiscal, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha com base em reportagens contra o ex-ministro, que deixou o cargo na semana passada .

No texto, os parlamentares pedem a apuração das suspeitas levantadas pela revista Veja de que Palocci moraria em um apartamento cujo dono seria um "laranja". A oposição pede, ainda, que sejam requisitados à Prefeitura de São Paulo documentos e informações referentes às atividades comerciais das empresas Lion Franquia e Participações e Projeto Consultoria Financeira Econômica.

Assinam o documento o líder do PSDB no Senado, Alvaro Dias (PR), o líder do DEM no Senado, Demóstenes Torres (GO), e os senadores Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) e Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE).

Recorrer à Justiça de São Paulo foi a alternativa encontrada pela oposição na tentativa de investigar Palocci mesmo após sua demissão. Em Brasília, as representações protocladas pela oposição foram arquivadas pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel. As tentativas de criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) e de convocar o ex-ministro para prestar esclarecimentos no Congresso também fracassaram.

    Leia tudo sobre: Antonio PaloccioposiçãoPSDBDEM

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG