No Twitter do STF, funcionário faz piada com Sarney

Trocadilho com saída do jogador Ronaldo foi feito por engano na página oficial do STF; Corte solta nota com desculpas

AE |

selo

A agenda do dia no Supremo Tribunal Federal (STF) começou com uma pequena crise no setor de comunicação: um ato desastroso que vai exigir desculpa do Poder Judiciário ao chefe do Poder Legislativo, o senador José Sarney (PMDB-AP). Logo cedo, um funcionário escreveu a seguinte frase no Twitter oficial do Supremo: "Ouvi por aí: 'Agora que o Ronaldo se aposentou, quando será que o Sarney vai resolver pendurar as chuteiras?'".

A assessoria de comunicação do STF investiga o que ocorreu. A reportagem apurou que o erro pode ter sido cometido porque o funcionário escreveu o texto pensando que estava usando o Twitter pessoal, e não o do STF. Ronaldo Fenômeno anunciou ontem a aposentadoria do futebol. Sarney, que está na política há quase 60 anos, acaba de ser eleito para o seu quarto mandato no comando do Senado.

Desculpas

A Secretaria de Comunicação Social do Supremo Tribunal Federal (STF) definiu como "ato impensado" de uma funcionária terceirizada o comentário feito na rede de microblogs Twitter sobre o presidente do Senado, José Sarney (PMDB). Em nota, o STF pede "encarecidas desculpas" pelos "comentários impróprios a respeito de eminente autoridade" e afirma que a mensagem em nada reflete os pensamentos da Corte. A nota informa também que já foram tomadas as medidas administrativas cabíveis

    Leia tudo sobre: STFJosé Sarneytwitter

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG