No Nordeste, Dilma discute com governadores programas de Lula

Com nove governadores da região, presidenta discutirá a erradicação da pobreza, principal bandeira de campanha de Dilma

Renata Baptista, iG Pernambuco |

Em sua primeira viagem de trabalho ao Nordeste depois de tomar posse, a presidenta Dilma Rousseff    encontra nesta segunda-feira (21) nove governadores para discutir, entre outros temas, a continuidade dos programas sociais implantados pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na região e a erradicação da miséria no País, bandeira de sua campanha eleitoral. Às 14h30, a presidenta participará da reunião com os governadores.

Roberto Stuckert Filho/PR
Presidenta Dilma Rousseff e o governador de Sergipe, Marcelo Déda, durante cerimônia de abertura do XII Fórum dos Governadores do Nordeste
Dilma participa, em Aracaju (SE), do 12º Fórum dos Governadores do Nordeste, que reunirá os nove gestores dos Estados da região, mais o governador de Minas Gerais, Antônio Anastasia. Segundo o anfitrião do encontro, o governador de Sergipe, Marcelo Déda (PT), a intenção é entregar a Dilma uma agenda de trabalho com as prioridades em comum dos Estados com ações de combate às desigualdades sociais. O documento, organizado por Déda e por Cid Gomes (PSB), do Ceará, vem sendo encarado como um novo plano de desenvolvimento para o Nordeste na área social e econômica e elenca interesses comuns aos nove Estados, além das vocações de cada um. "O Nordeste não é um pedaço do problema, e sim, uma parte da solução do País", disse, Déda antes do início do fórum.

Os governadores também vão abordar a criação de um sistema de vigilância da pobreza, ações territoriais articuladas e compromisso com Objetivos do Milênio (ODM) para alcançar a meta nacional. Outro tema que será abordado no encontro é a infraestrutura de portos e aeroportos, assim como obras complementares da transposição do rio São Francisco.

Participarão do encontro, além de Déda e Cid, Eduardo Campos (PE), Rosalba Ciarlini (RN), Teotônio Vilela (AL), Jaques Wagner (BA), Roseana Sarney (MA), Ricardo Coutinho (PB), Wilson Martins (PI) e Anastasia (MG).

Após extinção da Superintendência Nacional de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), em 2001, o Fórum de Governadores do Nordeste tornou-se palco das discussões políticas da região. Essa é uma das razões para que o governador de Minas Gerais seja convidado a participar, já que a região mais setentrional e pobre de Minas fazia parte da área da Sudene.

Os encontros são ealizados periodicamente há quatro anos e este de Aracaju é o primeiro com a nova composição política. O ex-governador de Minas Aécio Neves foi convidado em outros encontros, mas não compareceu. Já Anastasia confirmou presença.

Cortes no Orçamento

Com o corte de R$ 50 bilhões no Orçamento, anunciado pela equipe econômica do governo federal no começo do mês, os governadores estão preocupados com o impacto que a medida terá sobre os programas que dependem de verba federal. Além dos temas relacionados à políticas sociais, os governadores definiram que vão discutir a repercussão do corte no Orçamento na reunião, como as verbas para os financiamentos da saúde e segurança pública.

*Com Agência Brasil

    Leia tudo sobre: dilma rousseffnordestegovernadorespobreza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG