No Brasil, parlamentares ganham R$ 16,5 mil por mês

Além do salário, mandato é turbinado por benefícios de até R$ 34 mil, para despesas como passagem aérea, alimentação e combustível

Fred Raposo, iG Brasília |

Os parlamentares brasileiros ganham R$ 16,5 mil por mês, além de receberem benefícios que chegam a R$ 34,2 mil mensais. Em vigor desde 2007, o salário é o mesmo para deputados e senadores.

O subsídio da atual legislatura foi fixado por meio do decreto legislativo nº 112, assinado pelo então presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Anteriormente, o contracheque dos parlamentares era de R$ 12.720. Regulamentado pelo decreto legislativo nº 444, de 2002, o valor equivalia à remuneração de ministro do Supremo Tribunal Federal – o teto para o servidor público.

Parte do salário correspondia ao adicional de auxílio-moradia dos deputados. No ano passado, o presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), unificou os benefícios dos parlamentares no que ficou conhecido como “Cotão”.

A cota parlamentar varia entre R$ 23 mil e 34 mil, dependendo do estado em que o deputado foi eleito. Ela cobre gastos da atividade parlamentar, como passagens aéreas, telefone, combustível e locação de imóveis para escritório político.

Além do “Cotão”, os deputados têm direito a gastar R$ 60 mil na contratação de até 25 funcionários, que atuam em Brasília e nos estados.

No Senado, o benefício tem outro nome, verba indenizatória, mas a função é a mesma. Cobre despesas que vão de publicidade a hospedagem. O valor é de R$ 15 mil por mês. Já o gasto com passagem aérea varia entre R$ 6 mil e R$ 23 mil.

    Leia tudo sobre: câmara dos deputadossenadosaláriocota parlamentar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG