MPF quer construir sede própria no Tocantins

Novo procurador João Gabriel promete transparência e aproximar o Ministério Público da Polícia Federal

Menezes y Morais, iG Brasília |

O Ministério Público Federal do Tocantins (MPF-TO) busca parceiros para construir sua nova sede em Palmas. Outra tarefa urgente do MPF é aproximar-se “ainda mais da Polícia Federal,” de acordo com o seu novo procurador, João Gabriel. “Temos ainda o compromisso de dar maior transparência às ações do MPF em relação à sociedade,” disse.

João Gabriel foi empossado no cargo na última sexta-feira, em substituição a Álvaro Lotufo Manzano, a frente da instituição há dois anos. Diversas autoridades estiveram presentes, entre elas o juiz federal José Godinho Filho, o vice-procurador Vitor Manoel Mariz, o vice-governador do Estado, Eduardo Machado e o titular da Procuradoria-Geral de Palmas, Antônio Luiz Coelho.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Moura Filho e o tenente coronel Martin, do Exército, também estiveram presentes. João Gabriel Moraes de Queiroz, do Pleno do TRE-TO, é natural de Brasília (DF), tem 32 anos, formado em Direito pelo Centro Universitário de Brasília (Uni-Ceub) e bacharel em Ciências Políticas pela Universidade de Brasília (UnB).

    Leia tudo sobre: política

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG