Morre Reynaldo de Barros, ex-prefeito de São Paulo

Sobrinho do ex-governador Ademar de Barros, político era um dos mais próximos colaboradores de Paulo Maluf (PP)

AE |

Ex-prefeito de São Paulo, Reynaldo Emygdio de Barros morreu na sexta-feira, aos 79 anos, no Hospital Sírio-Libanês. O corpo foi cremado no mesmo dia. Segundo familiares, ele sofria de problemas cardíacos e respiratórios. Hoje, às 11 horas, será celebrada uma missa em sua memória na Igreja São José, nos Jardins, zona sul de São Paulo.

Reynaldo era sobrinho do ex-governador Ademar de Barros e um dos mais próximos colaboradores de Paulo Maluf (PP). Foi por indicação de Maluf, então governador de São Paulo, que se tornou prefeito entre 1979 e 1982.

Nos anos 90, foi secretário de Obras e Vias Públicas na gestão de Maluf na Prefeitura. Chegou a ser cotado como candidato à sucessão do prefeito, mas perdeu a indicação para Celso Pitta, eleito em 1996. Reynaldo deixou a Prefeitura em 1998, após o rompimento entre Pitta e Maluf. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: reynaldo de barrosmorte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG