Ministro tem nova reunião com Romeu Tuma Júnior

O Ministério da Justiça confirmou nesta tarde que o secretário Nacional de Justiça se reuniu no início desta tarde com Barreto

iG São Paulo |

O Ministério da Justiça confirmou nesta tarde que o secretário Nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior, se reuniu, no início desta tarde, com o ministro Luiz Paulo Barreto. Segundo a assessoria do ministro, será Tuma Júnior quem irá se pronunciar sobre a reunião. 

Reportagens publicadas pelo jornal O Estado de S.Paulo mostram que gravações telefônicas e e-mails interceptados pela Polícia Federal ligam Tuma Júnior a Li Kwok Kwen, conhecido como Paulo Li e apontado como um dos chefes da máfia chinesa em São Paulo. Deflagrada em setembro de 2009, a Operação Wei Jin levou Li e outras 13 pessoas à prisão. 

Tuma ficou reunido, ontem à noite, por cerca de três horas com o ministro da Justiça, mas ao final da reunião, a assessoria do secretário informou que ele continuava no cargo. "Vamos trabalhar, tem muito ladrão para a gente prender", limitou-se a comentar Tuma Júnior, ao deixar o seu gabinete, no Ministério da Justiça, na madrugada de hoje, após a reunião com Barreto.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG