Ministro dos Transportes será o 1º a assumir cargo

Mais seis ministros assumem os cargos no dia seguinte. Entre eles, Helena Chagas, José Eduardo Cardozo e Antônio Palocci

Agência Estado |

Na noite do dia 1º, depois que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva passar a faixa presidencial para a presidenta eleita, Dilma Rousseff , o primeiro ministro da nova equipe de governo já assumirá o cargo. Será o futuro chefe da pasta dos Transportes, Alfredo Nascimento (PR). No dia seguinte, outros seis assumem os cargos.

Tomarão posse pela manhã, no domingo, a jornalista Helena Chagas, que comandará a Secretaria de Comunicação Social, o secretário-geral do PT, José Eduardo Cardozo, que será novo ministro da Justiça; e Antônio Palocci, ex-ministro da Fazenda que, no governo Dilma comandará a Casa Civil.

Na tarde do mesmo dia assumem os postos Antônio Patriota, como novo chanceler brasileiro; Tereza Campello no ministério de Desenvolvimento Social; e o petista Gilberto Carvalho na Secretaria Geral da Presidência.

A deputada Maria do Rosário (PT-RS) será a primeira a tomar posse na segunda-feira. Ela assume a Secretaria de Direitos Humanos. Ainda pela manhã tomam posse o senador Aloizio Mercadante (PT-SP) no ministério de Ciência e Tecnologia; o senador Edison Lobão (PMDB-MA) no ministério de Minas e Energia; e Miriam Belchior na pasta de Planejamento.

Também pela manhã, assumirão Iriny Lopes na Secretaria de Políticas para as Mulheres; Afonso Bandeira no Ministério de Desenvolvimento Agrário; o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel (PT) tomará posse no Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio; e a senadora Ideli Salvatti (PT-SC) na secretaria da Pesca e Agricultura. O deputado Luiz Sérgio (PT-RJ) assume a secretaria de Relações Institucionais no mesmo horário.

À tarde, mais uma bateria de cerimônia de transmissão de cargo, começando por Luiza Helena de Bairros na Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial. Em seguida, Paulo Bernardo toma posse como ministro das Comunicações.

Alexandre Tombini assumirá o Banco Central (BC); o deputado Mário Negromonte assumirá a pasta de Cidades; Fernando Bezerra Coelho, o ministério de Integração Nacional; o senador Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), o ministério da Previdência Social; e Alexandre Padilha recebe a pasta da Saúde.

Também já estão agendadas as cerimônias de transmissão de cargo de Pedro Novais no Turismo; José Elito Carvalho no Gabinete de Segurança Institucional; José Leônidas Cristino na Secretaria de Portos e Anna de Hollanda na Cultura. Ainda falta definir o dia e horário da posse do deputado Moreira Franco na Secretaria de Assuntos Estratégicos.

Os demais ministros apenas continuarão no cargo que ocupam hoje e, por isso, não será necessária cerimônia de transmissão de cargo. São eles: Luis Inácio Adams na Advocacia Geral da União (AGU); Jorge Hage na Controladoria Geral da União (CGU); Nelson Jobim no Ministério da Defesa; Fernando Haddad na Educação; Orlando Silva nos Esportes; Guido Mantega na Fazenda; Wagner Rossi na Agricultura; e Izabella Teixeira no Meio Ambiente.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG