Ministra Miriam Belchior deixa hospital em São Paulo

“Foi só um susto, um pico de pressão”, disse a ministra do Planejamento

iG São Paulo |

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, deixou o Hospital Sírio-Libanês nesta sexta-feira por volta das 12h. De acordo com boletim médico, ela realizou exames que já estavam agendados para o final do mês, mas foram adiantados devido a um quadro de hipertensão.

Na saída do hospital, Miriam afirmou que está se sentindo bem. “Foi só um susto, um pico de pressão”, explicou, dizendo que os resultados dos exames indicam boas condições de saúde. A ministra garantiu que pretende seguir à risca a recomendação médica de praticar exercícios para se manter saudável. Ela disse que vai arrumar um espaço em sua agenda “nem que seja para uma caminhada”. Dez quilos mais magra do que há um ano, ela completa, no próximo domingo, 54 anos.

Consultada pelos jornalistas sobre como avalia a sequência de troca de ministros sob suspeita de envolvimento em atos irregulares, a ministra disse que “não há nenhum veredicto de culpa de corrupção” nas investigações em curso.

Divulgação
Lula visita Miriam Belchior no hospital em São Paulo

Na quinta-feira, ela se encontrou no hospital com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que luta contra um câncer na laringe e realiza desde janeiro sessões diárias de radioterapia no Sírio Libanês. Antes de realizar a bateria de exames, o hospital informou que seu quadro era "estável do ponto de vista clínico".  A ministra evitou comentar a conversa que teve com o ex-presidente.

Miriam teve um mal-estar na quarta-feira cedo e foi autorizada a viajar a São Paulo depois de ser atendida inicialmente no Instituto do Coração (Incor), em Brasília.

(Com Agência Brasil e Valor Online)

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG