Mínimo deve ser votado no Senado na 4ª feira, diz Jucá

Segundo líder do governo, ministro Guido Mantega colocou-se à disposição da Casa para debater o assunto

Agência Estado |

selo

O projeto de lei do salário mínimo deve ser votado na próxima quarta-feira no plenário do Senado, adiantou o líder do governo, Romero Jucá (PMDB-RR). Ele acrescentou que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, colocou-se à disposição dos líderes partidários para debater a matéria. A visita do ministro ao Senado, entretanto, ainda não foi confirmada.

A expectativa do governo é de que o plenário da Câmara aprove na noite de hoje o projeto de lei que fixa o salário em R$ 545. No Senado, no entanto, o Planalto enfrentará outra batalha, com dissidentes até mesmo no PT. Na semana passada, o senador Paulo Paim (PT-RS) subiu à tribuna para defender o mínimo de R$ 560. A bancada tucana deve defender o valor de R$ 600, embora o senador Aécio Neves (PSDB-MG) não avalize essa proposta, que foi defendida por José Serra na campanha presidencial.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG