Candidata do PV à Presidência ligou para o deputado que irá disputar o governo do Rio e perguntou sobre aliança com tucano

A candidata do PV à Presidência da República, Marina Silva, cobrou explicações do deputado Fernando Gabeira, candidato ao governo do Rio de Janeiro, sobre a aliança com o PSDB no Estado . Ela não gostou das notícias de que Gabeira faria campanha para José Serra (PSDB) no primeiro turno também.

“Ela me ligou e eu expliquei que no primeiro turno vou apoiá-la para presidente”, disse Gabeira em entrevista ao iG. O deputado, porém, afirmou que Serra deverá aparecer no seu programa eleitoral na TV pedindo votos para ele. “Uma coisa é ele pedir votos para mim. O contrário não vai ter”, completou.

Nesta terça-feira, o deputado também publicou um desmentido no seu Twitter. “Jornais insistem no erro que apoio dois candidatos. Estou com Marina”, escreveu no microblog. Junto com a mensagem, ele colocou um link para o seu blog em que consta texto sobre o assunto.

Ainda em entrevista ao iG, Gabeira contou que fez um relato a Marina sobre a reunião em que foi firmada a aliança com PSDB, DEM e PPS no Rio. “Disse a ela que para a eleição nacional o acordo é que eu apoie ela”, disse. “Agora, no segundo turno, eventualmente eu apoiaria o Serra”, disse.

O principal responsável pela polêmica é Márcio Fortes (PSDB), provável vice de Gabeira. Após a reunião dos quatro partidos, ele disse que Gabeira teria dois candidatos a presidente. O deputado verde nega. “Os outros três partidos [DEM, PSDB e PPS] é que apoiam Serra”, disse.

A formação da chapa de Gabeira excluiu a candidata do PV ao Senado, Aspásia Camargo, que disputará a eleição como avulsa e terá menos tempo de TV. Os candidatos oficiais de Gabeira serão o ex-prefeito do Rio Cesar Maia (DEM) e o advogado Marcelo Cerqueira (PPS).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.