Marcos Valério deixa prisão em Salvador

Publicitário estava preso havia 12 dias, por suspeita de envolvimento em esquema de grilagem de terras

iG São Paulo |

O publicitário Marcos Valério Fernandes de Souza deixou no fim da manhã desta quarta-feira a sede da Polinter, no Complexo dos Barris, em Salvador (BA), onde permaneceu preso nos últimos 12 dias. Pivô do escândalo do mensalão, maior crise política do governo Lula, Valério foi detido por suspeita de envolvimento em um esquema de grilagem de terras na Bahia.

Entenda o caso: Marcos Valério é preso em Belo Horizonte

Saiba mais: Entenda as acusações que pesam contra os réus do mensalão

A prisão do publicitário foi parte da Operação Terra do Nunca, comandada pela Polícia Civil, que resultou de uma investigação de cerca de 17 meses. Valério, que foi detido junto com três sócios da agência DNA Propaganda, em Belo Horizonte, se beneficiou de um alvará de soltura concedido pelo ministro Sebastião Reis Júnior, da 6ª Turma do Supremo Tribunal de Justiça (STJ).

Futura Press
O publicitário Marcos Valério, ao deixar nesta manhã a prisão em Salvador, na Bahia

    Leia tudo sobre: Marcos Valériomensalão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG