Em reunião com integrantes do PT, presidente da Câmara nega saída de Luiz Sérgio e afirma que não foram discutidas opções ao ministro

O presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), defendeu hoje (9) o fortalecimento da Secretaria de Relações Institucionais, atualmente ocupada pelo ministro Luiz Sérgio. Para Maia, depois da saída de Antônio Palocci do comando da Casa Civil, o posto ocupado por Luiz Sérgio deverá ser responsável pela parte política das negociações com Congresso e prefeituras, por exemplo.

“Ele terá uma tarefa nova, que antes era do Palocci”, disse. “Será o fortalecimento da Secretaria para essa nova formatação que a presidenta Dilma ( Rousseff ) está fazendo. E a nova ministra, Gleisi Hoffmann, terá um papel mais interno, de discussão de assuntos internos”, completou.

Marco Maia participou de uma reunião com integrantes do PT no gabinete do deputado Arlindo Chinaglia (SP). Entretanto, Marco Maia negou que no encontro tenha havido negociações sobre possíveis nomes para substituir Luiz Sérgio na Secretaria.

“Não tenho uma avaliação de que ele não vá permanecer no cargo. Luiz Sérgio tem um papel importante, é uma pessoa experiente e tem todas as condições de exercer o papel. Mas essa decisão cabe a Dilma”, explicou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.