Mão Santa abre ação contra Ciro Nogueira e Padilha

Ministro da Saúde foi denunciado por supostas ações para derrotar os senadores Mão Santa e Heráclito Fortes

AE |

selo

O senador Mão Santa (PSC) ingressou com uma ação de investigação judicial eleitoral contra o mandato do senador eleito Ciro Nogueira (PP). A ação foi protocolada nesta sexta-feira (7), pelo próprio Mão Santa, no Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI).

Segundo Mão Santa, Ciro teria sido beneficiado por mais de 37 convênios irregulares do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), assinados em julho com prefeituras. Ele também abriu ação contra o atual ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

Padilha foi denunciado na Justiça Eleitoral por supostas ações políticas para derrotar os senadores Mão Santa e Heráclito Fortes, quando ele ainda era ministro das Relações Institucionais. Na ação, Mão Santa afirma que Ciro Nogueira cometeu abuso de poder econômico e captou votos ilicitamente. A denúncia contra Alexandre Padilha seria por catapultar a campanha de Ciro no Piauí. Padilha participou da campanha e gravou mensagens para o deputado federal do PP, eleito senador.

"Não denuncio. Eu estou dando a minha contribuição. Democracia é um patrimônio que eu acho mais importante na história do mundo. Não é roubalheira. Não é sem-vergonhice. Não é corrupção. Democracia é a liberdade vinculada ao Estado democrático de Direito", disse Mão Santa, com certa alteração, enquanto esperava o carimbo nos documentos no setor de Protocolo do TRE.

"Só aqui eu catalogo agora 37 convênios ilegais, ilegítimos e imorais. Vou dar um exemplo: o convênio foi assinado no dia 27 de setembro, assinado e publicado. No dia 27 sai o dinheiro. É como no jogo de futebol fazer gol de mão", disse ele, ao alegar que Ciro foi beneficiado irregularmente com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação para transporte escolar.

Na ação o senador relacionou os convênios assinados com as prefeituras de Altos, Alvorada do Gurguéia, Aroazes, Conceição do Canindé, Bom Jesus, Cocal, Corrente, Ipiranga, Joaquim Pires, Júlio Borges, José de Freitas, Guadalupe, Monsenhor Gil, Lagoa do Sítio, Parnaguá, Piripiri, Picos, São Raimundo Nonato e Simplício Mendes.

Sanidade mental

O deputado federal e senador eleito Ciro Nogueira afirmou que pretende acionar a Justiça contra Mão Santa por litigância de má-fé - quando pleiteia um direito indevidamente. Na rede de microblogs Twitter, Ciro Nogueira ironizou e disse que vai propor "um artigo na reforma política que obriga o exame de sanidade mental como pré-requisito para registro de candidatos". "Tenho certeza que o Mão Santa não passa", completou o senador eleito.

    Leia tudo sobre: mão santapadilhaciro nogueira

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG