Maioria parlamentar garantirá ações de Dilma, diz Sarney

Para o presidente do Senado, 'maioria confortável' permitirá política de austeridade defendida pela equipe econômica

Agência Estado |

selo

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), disse hoje que a "maioria confortável" que o governo possui no Congresso vai garantir a política de austeridade defendida pela equipe econômica da presidenta eleita, Dilma Rousseff. Segundo Sarney, é impossível falar na redução de gastos referindo-se unicamente a um só poder.

Para ele, tanto o Executivo quanto o Judiciário e Legislativo têm de estar unidos no mesmo esforço. "Tem que falar num esforço comum e numa política a ser seguida pelo Estado. Isso envolve todos os poderes", afirmou.

O senador disse acreditar que será fácil acompanhar os parâmetros projetados pelo governo. "De maneira que não há nenhum indicativo a temer quanto à possibilidade desses números saírem de controle", defendeu Sarney. "Evidentemente que política monetária tem de ser feita dentro da realidade do dia a dia. Ela não pode ser uma coisa fixa nem dogmática. Ela tem de enfrentar a realidade, e a economia tem de se colocar dentro desse parâmetro", acrescentou.

Para Sarney, os nomes da equipe econômica do novo governo demonstram a intenção da presidenta eleita de manter a política de austeridade econômica, superávit primário e, ao mesmo tempo, controle da inflação.

    Leia tudo sobre: sarneydilmacongressomaioria parlamentar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG