Maia marca votação do Código Florestal para dia 24

Análise do texto ocorre após um período de tensão entre parlamentares ligados ao setor agropecuário e o governo

Reuters |

A votação do polêmico Código Florestal está marcada para 24 deste mês, informou nesta terça-feira (10) o presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS).

A data foi definida pelo presidente e comunicada aos líderes de bancada da Casa nesta terça.

Leia também: Líder do governo insiste no Código Florestal do Senado

"Eu determinei hoje a data do dia 24 para a sua votação (do Código)", disse Maia a jornalistas. O texto já passou pelo Senado e voltou para apreciação na Câmara.

"E pedi ao relator que ele apresente o seu relatório de forma formal até a próxima terça-feira, o que daria uma semana de prazo para discussão, para debate em cima do relatório definitivo do relator Paulo Piau (PMDB-MG)", acrescentou.

Congresso: Entenda a polêmica sobre o novo Código Florestal

A definição de uma data para a análise do texto ocorre após um período de tensão entre parlamentares ligados ao setor agropecuário, que pressionavam por uma celeridade na votação, e governo, que temia uma derrota e trabalhava para que a matéria fosse votada após a conferência das Nações Unidas sobre desenvolvimento sustentável, a Rio +20, que ocorre em junho.

A queda de braço entre ruralistas, apoiados pela oposição, e governo chegou ao ponto de ameaçar a votação da Lei Geral da Copa, uma das prioridades do Planalto.

A votação das regras para a relização da Copa do Mundo em 2014 e das Confederações em 2013 no Brasil só ocorreu após um acordo costurado por Maia, garantindo que definiria uma data para a votação do Código Florestal.

Um fator que exerce pressão para que o Código Florestal seja votado é o vencimento, em 11 de abril, de um decreto que suspende multas ambientais. O governo já sinalizou que pode prorrogá-lo.

    Leia tudo sobre: marco maiacódigo florestalmeio ambiente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG