Lula se alimenta, conversa e está tranquilo, diz médico

Ex-presidente brasileiro foi diagnosticado neste sábado com um tumor na laringe

iG São Paulo |

Thiago Guimarães/iG
O ex-presidente Lula em foto de 20/9
O médico Raul Cutait, do hospital Sírio-Libanês, informou que o ex-presidente Luiz Inácio lula da Silva está se alimentando e conversando. Lula permanece no hospital após exames que diagnosticaram um tumor na laringe .

Leia também: Lula tem tumor na laringe
- Tratamento não deverá afetar marca de Lula: a barba
- Dilma divulga mensagem de apoio ao ex-presidente Lula
- Câncer de Lula tem repercussão mundial
- Saiba os outros problemas de saúde de Lula

Indagado por jornalistas sobre como Lula recebeu a notícia do câncer, o médico respondeu que foi "com tranquilidade". Cutait disse que a equipe médica que cuida do ex-presidente ainda está definindo que tipo de tratamento que o ex-presidente receberá - quimioterapia ou radioterapia -, e se começará, de fato, na próxima na segunda-feira.

Ao iG , Paulo Hoff, diretor do Centro de Oncologia do Sírio-Libanês, disse porém que o ex-presidente fará quimioterapia e radioterapia a partir de segunda-feira. "Como qualquer pessoa que teve diagnóstico de câncer, está apreensivo, mas está bem." Segundo ele, Lula foi ao hospital fazer exames porque estava muito rouco, com dores na garganta e decidiu investigar o motivo. "É um tumor localizado. Ele não se espalhou pelo pescoço nem pelos vasos linfáticos", completou.

Segundo boletim médico divulgado pelo hospital, Lula está bem e deverá realizar o tratamento em caráter ambulatorial.

A equipe médica que assiste o ex-presidente é coordenada pelos professores doutores Roberto Kalil Filho, Paulo Hoff, Artur Katz, Luiz Paulo Kowalski, Gilberto Castro e Rubens V. de Brito Neto.

*Com Agência Estado

    Leia tudo sobre: câncer de lulatumorlaringecâncerquimioterapiaradioterapialula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG