Lula quer ministros concentrados em ações do governo

Presidente pede prioridade para a agenda governamental até o fim do mandato

Agência Brasil |

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva orientou os ministros a priorizar a agenda do governo nos últimos cinco meses de seu mandato. “O presidente buscou reforçar uma ideia dele, que vem desde o início do ano, de que seus ministros priorizem as ações do governo. Até comentou que todo mundo tem contrato até o dia 31 de dezembro e tem que se concentrar no trabalho do governo”, disse o ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha.

Questionado se a orientação de Lula seria uma cobrança porque ministros poderiam estar comprometidos com atividades de campanha eleitoral, Alexandre Padilha negou. Segundo ele, as pesquisas mostram uma boa avaliação do governo e Lula quer que continue assim nesse final de mandato.

Lula pediu que a ministra-chefe da Casa Civil, Erenice Guerra, faça reuniões com os ministros para acompanhar o andamento de obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e também de projetos sociais.

O presidente levantou ainda a hipótese de organizar uma reunião ministerial. “Não é momento de comemorar, é momento de reunir o time, a tropa, para trabalhar ainda mais. Ele (Lula) quer terminar seu governo concluindo todas as obras que podem ser concluídas”, afirmou Padilha.

Além de Lula, participam da reunião de coordenação política o vice-presidente José Alencar e ministros do núcleo de governo, como o do Planejamento, Paulo Bernardo, e da Defesa, Nelson Jobim. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, que integra o grupo da coordenação, não participou da reunião por cumprir agenda em São Paulo pela manhã.

    Leia tudo sobre: Lulagovernoministrosmandato

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG