Lula quer instalar memorial no centro de São Paulo

Projeto do ex-presidente prevê a criação de um Museu da Democracia interativo, nos moldes do Museu do Futebol

Ricardo Galhardo, iG São Paulo |

A oferta do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), de um imóvel na região da Cracolândia para sediar o Instituto Lula é negociada desde o ano passado.

Leia também: Kassab quer doar área da Cracolândia para Instituto Lula

A ideia é instalar o memorial do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na região. A sede administrativa do instituto, onde fica o escritório do ex-presidente, deve ficar em outra região. Hoje o Instituto Lula ocupa o prédio do extinto Instituto Cidadania no bairro do Ipiranga, região Sul. O local é estratégico porque fica próximo à saída para São Bernardo, onde mora o ex-presidente.

O memorial é um dos projetos mais ambiciosos do Instituto Lula. O projeto prevê a criação de um Museu da Democracia interativo, nos moldes do Museu do Futebol, com atrações que lembrem a luta pela redemocratização do Brasil desde a ditadura militar (1964-1985) até os dias atuais.

Além disso, o local deve abrigar todo o acervo acumulado por Lula nos oito anos em que ocupou a presidência com milhares de documentos, cartas, emails, presentes e registros oficiais. A legislação que rege a presidência prevê que os ex-mandatários preservem este acervo. Atualmente, Fernando Henrique Cardoso é o único que se preocupou com isso.

A possibilidade de instalar o memorial na região central da cidade atende um pedido de Lula. Ele quer que o museu e o acervo fiquem em um local de fácil acesso para facilitar o fluxo de visitação.

Nas últimas semanas Lula e Kassab tem negociado a possibilidade de uma aliança em torno da candidatura do ex-ministro da Educação Fernando Haddad à prefeitura de São Paulo.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG