Lula provoca Argentina por liberação de sexo

Presidente ironiza Maradona e afirma que quer ver "argentino cansando as pernas" na Copa do Mundo

AE |

Agência Brasil
Lula discursa durante a 3ª Conferência Nacional do Esporte
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva brincou nesta sexta-feira com as declarações de Maradona, que liberou o sexo para seus jogadores na concentração durante a Copa do Mundo, e provocou a seleção argentina. Lula disse que é preciso defender sexo e esporte, porque ambos fazem bem à saúde.

"O Maradona foi o único técnico que adotou esse lema [sexo] na Copa. Eu quero ver jogador argentino cansando as pernas e o Brasil ganhando a Copa", afirmou.

O presidente deu a declaração durante a 3ª Conferência Nacional do Esporte, na qual anunciou a previsão de construir 6 mil novas quadras de esporte em escolas e reformar outras 4 mil. O plano integra a segunda versão do Programa de Aceleração do Crescimento, o PAC 2.

O objetivo do evento, que se estenderá até domingo, é discutir e aprovar o Plano Decenal para consolidar o esporte e o lazer como política de Estado. A Conferência Nacional do Esporte foi convocada por decreto presidencial em janeiro de 2004.

    Leia tudo sobre: Lulamaradonasexo na Copa do Mundo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG