Lula inicia a preparativos da Copa de 2014

Presidente informou que dados em relação a gastos e contratações, serão disponibilizados na internet

Agência Brasil |

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje (8) que a Copa do Mundo de 2014, que será sediada no Brasil, terá todos os dados, quanto a gastos e contratações, divulgados na internet. Para ele, a sustentabilidade do evento e os investimentos que serão feitos em infraestrutura serão fundamentais para incentivar o crescimento do país.

“A preparação do evento terá a máxima transparência. Já fiz dois decretos. Todos os atos públicos serão divulgados na internet e poderão ser acompanhados em tempo real por qualquer cidadão, de qualquer lugar do mundo”, disse, durante a cerimônia que marcou o início dos preparativos para a Copa do Mundo de 2014.

“Faremos uma Copa verde. Verde como nossas florestas. A sustentabilidade ambiental é uma prioridade para o Brasil e será uma das marcas da Copa em nosso país. A Copa será uma grande oportunidade para acelerar o crescimento em infraestrutura necessário para o mundial e fundamental para o desenvolvimento do nosso Brasil”, completou lembrando que um plano envolvendo o governo federal, os governos locais e as 12 cidades-sede onde serão realizados os jogos já foi aprovado.

No discurso, Lula elogiou a Copa do Mundo deste ano, realizada pela África do Sul, e disse que o país mostrou ao mundo “a força, a alegria, a criatividade e a capacidade de organização do povo africano". "Nós, brasileiros, estamos muito contentes com o extraordinário sucesso da Copa na África”, afirmou, acrescentando que a edição deste ano servirá de exemplo para o Brasil.

“Somos um povo apaixonado pelo esporte e apaixonado pelo futebol. Porque somos um povo apaixonado pela vida. E acreditamos que, embora [a vida] seja maravilhosa, sempre pode melhorar mais.”

Lula foi à África do Sul para o lançamento oficial da Copa de 2014 e também para assistir à final da Copa do Mundo, no próximo domingo (11). “Quando soar o apito final aqui em Joanesburgo, a bola atravessará o Atlântico e será recebida fora dos campos pelos brasileiros com o mesmo carinho e amor com que a tratamos dentro das quatro linhas”.

Hoje, antes de deixar Lusaca, capital da Zâmbia, com destino à África do Sul, o presidente brasileiro disse, porém, que não estava mais com vontade de assistir à partida final da Copa.

    Leia tudo sobre: Copa 2014Lula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG