Ex-presidente participou dos bastidores do processo de substituição da presidência do partido, mas voltou a SP para compromissos

O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva encontrou Dilma no Palácio do Alvorada, mas retornou a São Paulo antes da reunião do diretório nacional
Brainpix
O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva encontrou Dilma no Palácio do Alvorada, mas retornou a São Paulo antes da reunião do diretório nacional
Após uma maratona de reuniões em Brasília para decidir o futuro do PT, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou para São Paulo e não comparecerá ao encontro do diretório nacional do partido marcado para esta sexta-feira, 29. Segundo a assessoria do ex-presidente, Lula não tem compromissos marcados para hoje.

Desde o começo da semana, Lula participa ativamente do processo de substituição de José Eduardo Dutra na presidência do PT. Na segunda-feira, Lula, acompanhado pelo ex-ministro Luiz Dulci e o senador Humberto Costa fizeram uma "visita de solidariedade" a Dutra no Rio. O presidente licenciado do PT manifestou, durante a conversa, que gostaria de se afastar definitivamente do cargo para cuidar de sua saúde. Dutra está de licença desde o dia 22 de março por conta de uma crise de hipertensão.

Ontem, a presidenta Dilma Rousseff recebeu Lula no Palácio do Alvorada, residência oficial. Segundo o iG apurou, Dilma se reuniu reservadamente com o ex-presidente para falar sobre a situação do PT. Na presença de assessores e ministros, Lula e Dilma falaram apenas amenidades e o ex-presidente comentou que está animado com a nova vida de palestrante.

Durante reunião na sede do PT, ontem, a CNB (Construindo Novo Brasil), decidiu apoiar por unanimidade o nome de Rui Falcão, atual interino do PT, para o posto até 2013. O candidato predileto de Lula para o posto era Costa, mas o senador afirmou que gostaria de seguir na liderança do partido no Senado.

    Leia tudo sobre: lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.