Lula diz que seu governo se diferenciou por ter feito o óbvio

A representantes da comunidade científica, Lula ressaltou programas para a área de ciência e tecnologia

Agência Brasil |

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que seu governo se diferenciou dos outros por ter tido a coragem de “fazer o óbvio”. A afirmação foi feita hoje (27) durante a inauguração do novo edifício sede do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), onde se reuniu com o Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia.

Veja o especial do iG sobre o legado de Lula e os desafios de Dilma Rousseff.

"Eu apenas pedi que o ministro apresentasse um programa (para a área de ciência e tecnologia) e que vocês fiscalizassem”, disse ele a representantes da comunidade científica. “Antes, mesmo sendo cientistas, os ex-presidentes e ministros tinham medo de vir aqui (em eventos como este). Eles não conversavam nem com reitores. Hoje, vários ministros estão aqui, sem medo de participar da avaliação dessa comunidade”, ressaltou o presidente.

“O biodiesel foi patenteado em 1973, e só em 2003 houve uma política para ele. Isso poderia ter sido feito antes. Não fizeram porque não quiseram fazer o óbvio”, argumentou o presidente, pouco antes de citar, também como exemplo, o centro de enriquecimento de urânio em Aramar e o submarino nuclear.

Por esses e outros motivos, o país, segundo Lula, passou por 25 anos de atrofiamento da economia. “Hoje importamos trilho porque não produzimos trilho. Isso porque alguém algum dia achou que trilho era coisa do passado”, completou o presidente.

    Leia tudo sobre: CNPqlulacientistas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG