Lula diz que saúde de Dilma 'está bem'

Declaração acontece após presidenta cancelar viagem ao Paraguai por orientação médica

Ricardo Galhardo, iG São Paulo |

Mais de cinco meses após deixar o governo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve que responder, nesta quinta-feira, sobre o estado de saúde de sua sucessora, Dilma Rousseff – que, nas últimas semanas, teve que cancelar uma série de eventos oficiais por orientação médica.

AE
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, onde recebeu o prêmio João Ferrador
“Pelo que venho conversando com ela, a presidente está bem”, disse Lula, ao ser questionado sobre as condições de saúde da presidenta. A declaração foi feita ao chegar para a entrega do Prêmio João Ferrador, concedido pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC – nome em alusão ao personagem que ilustrou as históricas greves de metalúrgicos no final da década de 70, quando ele era presidente da entidade.

Perguntado sobre o cancelamento da viagem que Dilma faria para o Paraguai, Lula afirmou que, provavelmente, a debilitação da sucessora ocorra “possivelmente porque ela esteja muito cansada”.

Dilma seguiria para o Paraguai para participar das celebrações do bicentenário daquele país no fim de semana. A viagem aconteceria após uma batalha travada no Senado para conseguir aprovar o novo acordo de Itaipu. A equipe de Roberto Kalil, que atende a presidenta, desaconselhou-a a viajar de avião seis horas até Assunção com medo de uma recaída da pneumonia.

Desde o retorno da China, há duas semanas, Dilma está convalescente. Ela não participou sequer das comemorações ao Dia do Trabalhador, em 1º de Maio. Em seu lugar, embarcam para o Paraguai José Sarney, presidente do Senado, e Antonio Patriota, ministro das Relações Exteriores.

Copa do Mundo

Ao chegar ao evento, Lula foi questionado também sobre os atrasos nas obras da Copa do Mundo de 2014. Ele rejeitou que o governo tenha responsabilidade nos atrasos das obras em estádios. “Estádio é da responsabilidade dos clubes. O que o governo fez foi botar o BNDES para financiar os clubes. É investimento privado. Cabe ao governo cuidar da infraestrutura”, disse.

    Leia tudo sobre: dilma roussefflulasaúdeprêmioABC

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG