Lula deve retomar atividades em março e já fala em fazer comícios

Ex-presidente recebeu nesta terça-feira visita do ministro Garibaldi Alves e deve deixar o hospital ainda hoje

AE |

selo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já espera voltar em março às atividades políticas, inclusive participando de comícios. A informação é do ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, que visitou Lula ontem no Hospital Sírio-Libanês, após exames detectarem que o câncer na laringe do ex-presidente regrediu em 75% do seu tamanho inicial. "Em março, se prepare que eu já vou estar fazendo comício", disse Lula, segundo Garibaldi.

Leia também: Quimioterapia reduz câncer de Lula em 75%, dizem médicos

Ricardo Stuckert/Instituto Lula
Lula recebeu ontem notícia sobre diminuição do tumor, após bateria de exames
O ministro voltou hoje pela manhã ao Sírio-Libanês, onde seu pai também está internado. Garibaldi disse que Lula ficou eufórico com a informação de que as sessões de quimioterapia tiveram resultado acima do esperado pela equipe médica. "O ex-presidente está eufórico, claro, com a regressão do tumor", afirmou Garibaldi. "Ele ganhou mais uma batalha, e eu acho que é a principal, que foi a batalha da saúde."

Na visita, o ministro disse que conversou com o ex-presidente sobre política e assuntos da administração federal. Lula lembrou, segundo Garibaldi, que a presidenta Dilma Rousseff comanda atualmente a apreciação do projeto de previdência complementar para o servidor público, enviado ao Congresso pelo petista em 2007.

De acordo com o ministro, Lula disse que deixará o hospital hoje. O ex-presidente foi internado ontem pela manhã, realizou exames que detectaram a regressão do tumor e iniciou à noite a terceira e última sessão de quimioterapia prevista no tratamento. Nesta manhã, recebeu hidratação intravenosa. A expectativa é de que saia do hospital no início da noite

Em coletiva de imprensa realizada ontem, o oncologista Paulo Hoff ressaltou que a recuperação no tratamento contra o câncer varia de paciente para paciente, mas a expectativa é mesmo de que Lula tenha condições de retornar às atividades públicas em março.

    Leia tudo sobre: câncer de LulaLulaGaribaldi Alves Filho

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG