Lula define como 'tentativa de golpe' crise de 2005

Em evento, presidente agradeceu apoio do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social em momento de turbulência política

Agência Estado |

selo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva classificou como tentativa de "golpe" a crise política de 2005, que ficou conhecida como o "escândalo do mensalão". No discurso da última reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social no seu governo, Lula agradeceu a todos o apoio naquele momento de turbulência política. "No auge da crise de 2005, eu nunca tinha falado isso, mas naquela tentativa de golpe, no Brasil, vocês permaneceram no Conselho. Vocês não misturaram o trabalho que estavam fazendo para o Brasil", disse.

Lula destacou também o bom momento dos bancos oficiais. "A Caixa (Caixa Econômica Federal) estava para quebrar e o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Nacional) não era um banco de desenvolvimento, nem social. Vocês ajudaram a fazer este País o que é hoje, disse o presidente, dirigindo-se ao conselho integrado por empresários, sindicalistas e representantes da sociedade civil.

    Leia tudo sobre: luladilma rousseffcrise 2005

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG