Liberação de Maluf pelo TSE altera lista de eleitos no TRE-SP

Tribunal Regional Eleitoral recontou votos após pepebista conseguir liminar garantindo sua diplomação amanhã

Daniela Almeida, iG São Paulo |

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) acabou de divulgar a (terceira) retotalização do resultado das eleições 2010 no Estado. A recontagem foi motivada pela liminar do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que garantiu ao deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) o direito de ser diplomado para um novo mandato na Câmara. Com o resultado, passam a ser considerados eleitos Maluf, que obteve 497.203 votos, e os candidatos a deputado estadual Geraldo Antonio Vinholi (PSDB/DEM), com 62.580 votos, e José Roberto Tricoli (PV), com 47.713.

AE
O deputado Federal Paulo Maluf vota na Faculdade de Engenharia São Paulo (antigo Colégio Sacre Coeur di Marie) na região sul da capital
Passam à condição de não eleitos os candidatos a deputado federal Sinval Malheiros Pinto Júnior (PV), com 59.209 votos, e os estaduais Itamar Francisco Machado Borges (PMDB), com 79.195 votos e Maria Regina Gonçalvez (PV), com 37.618 votos.

A nova totalização altera também o quociente eleitoral para o cargo de deputado federal, que passou de 305.589 para 313.062, e deputado estadual, de 227.595 para 227.319. Como ainda existem recursos a serem julgados no TSE, poderá haver outra retotalização e nova alteração dos dados divulgados.

Paulo Maluf conseguiu uma liminar no TSE que garantiu a sua diplomação. O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ) reviu a condenação que serviu de fundamento para que o TRE-SP indeferisse o registro de candidatura de Maluf com base na Lei da Ficha Limpa.

José Roberto Tricoli, por sua vez, que teve sua votação considerada nula, pois seu registro de candidatura foi negado pelo Tribunal paulista, tem agora, com a reforma da decisão no TSE, seus votos validados. Outras mudanças ocorreram em razão da retotalização. Geraldo Vinholi, que na última retotalização passou a ocupar a 1ª suplência de seu partido, volta a condição de eleito.

Itamar Borges assume a 1ª suplência porque o candidato a deputado estadual Uebe Rezeck (PMDB), que era suplente, teve o registro indeferido no TSE, com isso, seus votos foram considerados nulos. Confira aqui  a lista atualizada de candidatos eleitos.

    Leia tudo sobre: malufficha limpa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG