Kassab vai ao Recife discutir aliança com Eduardo Campos

Prefeito de São Paulo tenta selar aliança seu novo partido e o PSB para as eleições municipais do ano que vem

Valor Online |

O governador dede Pernambuco e presidente do PSB, Eduardo Campos, reuniu-se ontem com o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), no Recife, para tratar das possíveis alianças entre os dois partidos nas eleições municipais de 2012 . O ex-deputado federal André de Paula, que deixou o DEM para coordenar o PSD no Estado, também participou da conversa.

AE
Kassab corre contra o tempo para tentar obter a tempo o registro do PSD
PSD e PSB devem se revezar na cabeça de chapa em várias cidades pernambucanas, mas o acerto não se estenderá ao Recife, onde o compromisso de Campos é apoiar a reeleição de João da Costa (PT), restando ao PSD a possibilidade de compor a chapa.

Na capital paulista, Kassab articula a candidatura à sua sucessão de Eduardo Jorge (PV) , secretário de Meio Ambiente. Espera trazer o PSB consigo, já que a sigla ficou desprovida de nomes de peso para a disputa, depois das saídas do deputado Gabriel Chalita e do candidato derrotado ao governo paulista, Paulo Skaf, que foram para o PMDB .

A sigla arquitetada por Kassab corre contra o tempo para se viabilizar para as próximas eleições. Após a aprovação, no Senado, de projeto de lei pune o parlamentar que trocar a sigla pela qual se elegeu por um partido recém-criado - o PSD precisa estar de pé antes que o projeto passe pela Câmara dos Deputados - Kassab ainda enfrenta toda sorte de acusações de fraude nas listas de apoio para a criação do PSD.

Na mais recente, um perito atestou ao jornal Folha de S. Paulo que várias das assinaturas coletadas foram feitas pela mesma pessoa: "Nesse processo tem brincadeiras, sabotagens e o partido não tem condições de checar tudo. Esse é o papel da Justiça Eleitoral", observou o prefeito.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG