Kassab lança novo partido em Goiás

Prefeito de São Paulo realiza terceiro ato de lançamento do Partido Social Democrático

Nara Alves, iG São Paulo |

O prefeito Gilberto Kassab (ex-DEM) realizou neste sábado em Goiás o terceiro ato de lançamento do PSD (Partido Social Democrático). Depois de receber apoio de políticos de Salvador e São Paulo, Kassab foi recepcionado pelo deputado federal e atual chefe da Casa Civil do governador Marconi Perillo (PSDB), Vilmar Rocha (DEM), para coletar assinaturas favoráveis ao manifesto de criação do PSD.

O evento na Assembleia Legislativa de Goiás, em Goânia, faz parte da estratégia do prefeito para tentar nacionalizar o projeto do novo partido. Neste semana, ele deverá realizar atos políticos semelhantes em Minas Gerais e Amazonas.

AE
Ato foi realizado na Assembleia Legislativa de Goiás

No último dia 21, Kassab lançou na capital paulista o PSD ao lado do vice-governador Guilherme Afif Domingos. Em um ato político na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), Kassab admitiu que a criação do novo partido simboliza uma aproximação com a presidenta Dilma Rousseff . “Essa aproximação sempre existiu e essa é a razão da minha saída do DEM. Eu me sinto desconfortável num partido que quer votar sempre contra porque é contra. Acima dos partidos vêm os interesses do País.”

Na véspera do ato em São Paulo, o prefeito lançou a nova sigla em ato político em Salvador. Na Bahia, o principal aliado de Kassab é o vice-governador Otto Alencar (PP). “Vamos fazer um grande manifesto aqui em Salvador para a criação do novo partido”, disse Alencar ao iG . O vice baiano pretende levar para o novo partido figuras que se encontram em siglas oposicionistas. Ele cita como exemplo o próprio irmão Eduardo Alencar, que é prefeito de Simões Filho (região metropolitana de Salvador).

    Leia tudo sobre: KassabGilberto KassabDEMPSDGoiás

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG