Justiça Eleitoral cassa mandato do governador de Roraima

Governador e vice foram cassados por uso indevido da Rádio Roraima durante campanha eleitoral

Agência Estado |

O Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TRE-RR) cassou hoje o mandato do governador Anchieta Júnior (PSDB), e do seu vice, Chico Rodrigues (DEM), por uso indevido da Rádio Roraima, que pertence à estrutura da Secretaria de Comunicação do governo, durante a campanha eleitoral. Dos sete juízes, cinco votaram pela cassação e dois pela aplicação de multa apenas.

O advogado de Anchieta, Alex Ladislau, disse que vai recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral.

A decisão será aplicada imediatamente. Segundo o presidente do TRE-RR, desembargador Ricardo Oliveira, a diplomação do segundo colocado, o ex-governador Neudo Campos (PP), será na próxima segunda-feira, às 9h. Imediatamente após a diplomação, a Assembleia Legislativa do Estado dará a posse a Campos.

Consta na ação, que teve parecer favorável do Ministério Público Federal, que o radialista Mário César Balduíno utilizou sistematicamente um programa veiculado todos os dias pela emissora das 7h30 às 8h30 para fazer propaganda negativa contra Neudo Campos e favorável a Anchieta, o que teria influenciado o resultado das eleições. Ele era servidor público estadual lotado na Companhia de Desenvolvimento de Roraima (Codesaima), com salário mensal de R$ 5 mil.

Hoje, o Tribunal Regional Eleitoral de Roraima cassou por unanimidade os mandatos do deputado federal Francisco Vieira Sampaio, o Chico das Verduras (PRP), e do deputado estadual George Melo (PSDC), por compra de votos. Na decisão, os juízes eleitorais determinaram a posse imediata dos suplentes. Chico das Verduras foi eleito com a menor votação do País e recentemente declarou que optou pela Câmara Federal apenas pelo salário. Em 2008, ele foi cassado foi por abuso de poder político, por ter distribuído sopa às vésperas da eleição para deputado estadual.

A uma semana da votação de 3 de outubro, os dois deputados cassados foram presos pela Polícia Federal na casa de Chico das Verduras, flagrados prometendo carteiras de motorista e o sorteio de três carros novos contendo R$ 10 mil em espécie cada um, em troca de votos. Chico das Verduras saiu da cadeia na véspera do pleito e ainda assim obteve o apoio de 5.903 eleitores, o equivalente a 2,65% dos votos do Estado. A votação garantiu a última das oito vagas de Roraima no parlamento federal.

Segundo o TRE-RR, Chico das Verduras e George Melo poderão recorrer, mas fora do cargo. Os advogados de defesa dos deputados não quiseram se pronunciar.

    Leia tudo sobre: RoraimagovernadorAnchieta Júnior

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG