Juiz aceita denúncia de corrupção na Prefeitura de Campinas

Ex-vice-prefeito, ex-primeira-dama e ex-secretários serão julgados por formação de quadrilha, desvio de recursos e fraude

AE |

selo

O juiz da 3ª Vara Criminal de Campinas, no interior de São Paulo, Nelson Bernardes, aceitou nesta sexta-feira, 30, denúncia do Ministério Público do Estado de São Paulo contra seis funcionários do governo do ex-prefeito Hélio de Oliveira Santos (PDT) por supostos crimes de formação de quadrilha, desvio de recursos públicos e fraude em licitações. 

Leia também:
Justiça quebra sigilo bancário de Dr. Hélio
Câmara de Campinas cassa mandato do prefeito Demétrio Vilagra

Após 44h, vereadores cassam mandato do prefeito Hélio de Oliveira Santos

A ex-primeira dama Rosely Nassim dos Santos, o ex-vice-prefeito Demétrio Vilagra (PT), os ex-secretários Carlos Henrique Pinto (Segurança Pública) e Francisco de Lagos (Comunicação), o ex-diretor de Planejamento Ricardo Cândia e Luiz Augusto Castrilon de Aquino, ex-presidente da Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S.A. (Sanasa) que entregou o esquema por delação premiada, tornaram-se réus e serão julgados pelos supostos crimes apontados pelos promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) à Justiça. Os seis acusados terão prazo de dez dias para apresentarem defesa, após serem notificados, provavelmente no início da próxima semana.

O esquema de corrupção na Sanasa foi deflagrado em operação do Gaeco em maio do ano passado, quando 12 pessoas chegaram a ser presas . A Promotoria denunciou 22 pessoas entre funcionários públicos e empresários. O juiz decide na próxima semana se aceita denúncia contra os outros 16 suspeitos.

O ex-vice-prefeito Demétrio Vilagra, que também chegou a ser preso, assumiu a prefeitura no lugar do ex-prefeito Hélio de Oliveira Santos, cassado em agosto do ano passado pela Câmara de Vereadores. Vilagra sofreu impeachment quatro meses depois.

    Leia tudo sobre: campinasdr. heliosanadacorrupção

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG