José Dirceu lamenta saída de Jobim e elogia Amorim

Amigo do ex-titular da Defesa, petista também se declarou a favor da realização de prévias no PT paulistano

Ricardo Galhardo, enviado ao Rio de Janeiro |

Amigo de Nelson Jobim, o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu considerou lamentável a saída do peemedebista do Ministério da Defesa . Por outro lado, Dirceu elogiou a escolha do ex-chanceler Celso Amorim e rejeitou a possibilidade de crise entre a presidenta Dilma Rousseff e as Forças Armadas.

AE
Ex-ministro José Dirceu esteve no Rio para encontro do diretório nacional do PT
"Não há ninguém com um perfil mais adequado do que um diplomata como Celso Amorim. A concepção de Forças Armadas deve ser compátível com o novo Brasil do século 21. Ele é um dos artífices dessa política completamente casada", disse Dirceu.

O ex-ministro elogiou o desempenho de Jobim à frente do ministério. Mas concordou que depois da série de declarações desastrosas sua permanência era inviável e lamentou o episódio.

Prévias

Além disso, Dirceu defendeu a realização de prévias para a escolha do candidato do PT à Prefeitura de São Paulo. "Eu prefiro que haja prévia, que haja um grande debate e mobilização no PT. Mas há quem pense diferente", afirmou.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidenta Dilma Rousseff são contra as prévias. Os nomes mais prováveis hoje são os do ministro da Educação, Fernando Haddad, e o da senadora Marta Suplicy. Os deputados Carlos Zaratini, Arlindo Chinaglia, Jilmar Tatto e o senador Eduardo Suplicy correm por fora.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG