José Alencar só será transferido para quarto amanhã

Expectativa era de que o ex-vice-presidente deixasse a UTI nesta segunda-feira, mas médicos alteraram previsão

iG São Paulo |

Roberto Stuckert Filho/Divulgação
Logo após ser internado, no dia 10 de fevereiro, o ex-vice José Alencar recebe visita da presidenta Dilma Rousseff e de Gilberto Carvalho na UTI do Sírio-Libanês
O cirurgião gastroenterologista Raul Cutait disse no final da tarde de hoje que o ex-vice-presidente José Alencar só deve receber alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, amanhã, quando deverá ser transferido para um quarto. A expectativa era de que a transferência ocorresse ainda hoje.

O quadro de saúde do político é grave, porém estável. A assessoria de imprensa do hospital informou que um novo boletim médico só será divulgado se houver alteração no quadro clínico do paciente.

Alencar voltou a ser internado no Sírio-Libanês na última quarta-feira, devido a um quadro de peritonite (inflamação do peritônio, membrana que reveste a cavidade abdominal), causada por uma perfuração do intestino. Ele realiza um tratamento paliativo para o câncer que possui na região abdominal. Segundo os médicos que acompanham o ex-vice, o tratamento está sendo feito a base de antibióticos e a quimioterapia foi suspensa momentaneamente enquanto ele se recupera de problemas relacionados à peritonite, motivo pelo qual foi internado na última quarta-feira (9).

Na semana passada, Alencar recebeu a visita de Dilma Rousseff e chegou até a cantar uma canção para a presidenta . Depois, em tom emocionado, teria contado ao presidente nacional do PC do B, Renato Rabelo, sobre a visita e feito um relato sobre o tratamento paliativo . Além disso, Alencar chegou a dizer ao ex-deputado federal Albano Franco que está "preparado para morrer" e que pretende "viver até quando for digno". O ex-vice-presidente, que luta há 13 anos contra o câncer na região abdominal passou por 17 cirurgias.

*Com Agência Estado

    Leia tudo sobre: josé alencarcâncertratamento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG