Ministro da Defesa diz que decisão de Lula "ofende gravemente o país"

A decisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre Cesare Battisti é destaque nos principais jornais italianos. O refúgio a quem chamam de “terrorista” divide espaço com a contagem regressiva para o ano-novo e é noticiado em tom de derrota do governo.

O Il Sole 24 Ore não dá o caso como encerrado, lembra que Lula está deixando o cargo e diz que o governo italiano insistirá no pedido. “A previsão se realizou, mas a Itália não vai aceitar a decisão que angustia e ofende gravemente o país”, diz ao jornal o ministro da Defesa, Ignazio La Rússia.

No La Repubblica a notícia “Lula: não vou extraditar Battisti” é ilustrada com uma foto do mandatário brasileiro ao lado do premier italiano Silvio Berlusconi em que ambos sorriem. Berlusconi tentou convencer o colega da extradição e não conseguiu. O Corriere Della Sera seguiu a mesma linha: “Battisti, Lula disse não à extradição”.

Jornal La Pepublica destaca notícia sobre Battisti
Reprodução
Jornal La Pepublica destaca notícia sobre Battisti

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.