João Capiberibe toma posse no Senado

Senador eleito que havia sido barrado pela Ficha Limpa foi empossado por José Sarney, seu adversário de longa data

AE |

selo

Adversários de longa data, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), deu posse hoje ao senador João Capiberibe (PSB-AP), barrado pela Lei da Ficha Limpa, que reassumiu o mandato por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele foi condenado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pela compra de votos nas eleições de 2002 e se elegeu novamente na eleição passada.

Leia também: Ficha Limpa não valeu nas eleições de 2010, decide STF

AE
João Capiberibe havia sido barrado pela Lei da Ficha Limpa
Sarney e Capiberibe se cumprimentaram formalmente. Em discurso na tribuna, o senador do PSB, ex-governador do Amapá, lembrou a sua trajetória na época da ditadura militar e o seu retorno à vida política. Ele acusou o TSE de ter "jogado para a plateia" ao decidir pela sua condenação. Com relação a Sarney, Capiberibe lhe propôs um pacto: o de deixarem de lado as "diferenças políticas" em troca de uma articulação em favor do Amapá.

Amigos e familiares acompanharam o ato da posse no plenário e nas galerias da Casa. Capiberibe é o segundo senador enquadrado pela Lei da Ficha Limpa a tomar posse por causa da decisão do STF.

O tribunal vetou a vigência retroativa da lei. Ele será o quarto senador do PSB na atual legislatura e substituirá um dos mais fiéis aliados de Sarney, o senador Gilvan Borges (PMDB-AP). Na mesma situação, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), ex-governador da Paraíba, tomou posse há cerca de 10 dias no lugar de Wilson Santiago (PMDB-PB). Falta o STF julgar o processo do ex-governador do Pará e ex-senador Jader Barbalho (PMDB).

    Leia tudo sobre: Ficha LimpaJoão Capiberibe

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG