Itamaraty só servirá vinhos nacionais no coquetel para Dilma

Festa, sóbria e sem gala, será realizada após transmissão da faixa presidencial para 2,3 mil pessoas. Cardápio não é conhecido

Priscilla Borges, iG Brasília |

Após os protocolos oficiais no Palácio do Planalto, onde a presidenta Dilma Roussef receberá a faixa presidencial das mãos de Luiz Inácio Lula da Silva, um coquetel para 2,3 mil pessoas será realizado no Itamaraty.

A festa aboliu o black tie - o traje exigido é passeio - e deve ser marcada pela sobriedade e simplicidade. Prevista para começar às 19 horas, a cerimônia não deve sofrer grandes atrasos, já que, por enquanto, os protocolos seguem dentro do horário previsto pelo cerimonial.

O coquetel será rápido. Está previsto para terminar às 21 horas. Entre ministros, governadores, parlamentares e amigos, Dilma deverá receber mais de 300 convidados estrangeiros, representantes de 132 países. Segundo o Itamaraty, há 23 chefes de Estado ou de Governo, nove vices, 24 chanceleres e 76 embaixadores ou encarregados de negócios confirmados para participar das solenidades da posse da presidenta Dilma. Serão recebidos também dez representantes de organismos internacionais, como a Organização das Nações Unidas (ONU).

O cardápio do coquetel, que será composto basicamente por canapés, não foi divulgado pelo Itamaraty. No entanto, apenas vinhos nacionais serão servidos, tinto e branco. Todos da Casa Valduga, vinícola de Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul.

    Leia tudo sobre: dilma rousseffpossecoquetelitamaraty

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG