Candidata do PT à Presidência marcou viagem para os EUA na próxima semana para reuniões e prêmio do presidente do Banco Central

Após rodar o Brasil no primeiro mês da pré-campanha, a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, deve cumprir agenda internacional na semana que vem. Nos dias 20 e 21 deste mês, a petista marcou reunião em Nova York, nos EUA, com investidores internacionais e participará de jantar que premiará como personalidade do ano o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles. O prêmio será concedido pela Câmara de Comércio Brasil- Estados Unidos.

Segundo o blog da Dilma, Meirelles foi escolhido ao lado do presidente da empresa norte-americana GE, Jeffrey Immelt.

Recém-filiado ao PMDB, principal aliado do PT, Meirelles chegou a ser cotado para vice de Dilma. No mês passado, decidiu ficar no BC . Segundo ele, sua decisão atende ao pedido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas, a preferência do partido é pelo nome de Michel Temer, presidente da legenda.

Desde que deixou a Casa Civil, no final de março, Dilma tem priorizado viagens nacionais, principalmente em Estados onde pretende alavancar sua candidatura. Nesta terça-feira, a petista foi ao Rio Grande do Sul, onde fez carreira política. No Estado, recebeu apoio de cinco partidos da base aliada à sua candidatura.

Assim como o Rio Grande do Sul, Minas Gerais também foi um dos roteiros que tiveram direito a mais de uma visita da petista. Segundo maior colégio eleitoral do país, o Estado é considerado estratégico pelos presidenciáveis. Com as viagens, Dilma reforça a ligação com Minas, onde nasceu.

Na sexta-feira, Dilma cumpre agenda em Brasília, na abertura do Encontro Nacional de Negras e Negros do PT.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.