Indio da Costa anuncia adesão ao PSD

Ele disputou a vice-presidência da República na chapa de José Serra (PSDB) durante as eleições de 2010

AE |

selo

O ex-deputado federal Indio da Costa , que disputou a vice-presidência da República na chapa de José Serra (PSDB), anunciou hoje, pelo twitter, que vai participar da criação do PSD. "Vou para o PSD fazer política moderna, independente, sem rancores, por um Brasil melhor. Levo comigo os valores que sempre defendi", escreveu. A criação da nova legenda vem sendo articulada pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.

Agência Estado
Indio da Costa ao lado do então candidato à presidência José Serra, durante as eleições de 2010
Sem mandato, Indio se disse "absolutamente tranquilo" para tomar a decisão de se engajar na criação do PSD. Ele afirmou que chegou a cogitar uma possível filiação ao PPS e ao PSDB, "bons partidos", segundo o ex-deputado, mas notícias sobre uma possível fusão desses partidos com o Democratas o fizeram recuar.

Indio deixou o DEM na semana passada, depois de divergências com o ex-prefeito Cesar Maia e o filho dele, o deputado federal Rodrigo Maia. "Existem questões locais que me fizeram sair do Democratas. A falta de democracia interna do partido é uma delas. Não se pode pregar democracia para o País e dentro da própria casa não ter democracia", afirmou.

O ex-deputado acertou a adesão ao PSD numa reunião com o prefeito Gilberto Kassab, no sábado. "O PSD tem toda a condição de ser um partido moderno, com discussões conectadas com a sociedade brasileira". Perguntado se a nova legenda poderia vir a integrar a base do governo, respondeu que o partido "nasce independente para contribuir com o Brasil". "As propostas que são boas para a sociedade, terão todo apoio nosso. O que a gente achar que não é bom para sociedade, vai ter uma crítica", desconversou.

    Leia tudo sobre: Índio da CostaPSDJosé Serra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG