Índia concede a Lula o prêmio para a paz e o desenvolvimento

Presidente brasileiro é escolhido por um júri internacional liderado pelo primeiro-ministro indiano

Agência Brasil |

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi escolhido hoje para receber o Prêmio Indira Gandhi para a Paz, o Desarmamento e o Desenvolvimento para 2010, concedido pelo governo da Índia. Lula foi escolhido por um júri internacional presidido pelo primeiro-ministro indiano, Manmohan Singh. As informações foram confirmadas pela Presidência da República e também estão no site oficial do governo indiano.

A decisão foi anunciada em um comunicado oficial. No documento, Lula é elogiado pela “excepcional” contribuição aos programas que se destinam a acabar com a fome e promover o desenvolvimento do Brasil. Lula foi informado da escolha por meio da Embaixada da Índia no Brasil, segundo a assessoria da Presidência.

O prêmio inclui o recebimento de dinheiro e a publicação das iniciativas do agraciado. Por meio de sua assessoria, o presidente informou que se dispõe a ir à Índia depois de deixar o cargo no dia 1º de janeiro, quando transmitirá a faixa presidencial a Dilma Rousseff.

Também há referências à intensificação das relações entre Brasil e Índia. Na última viagem que fez à Índia, em 2007, o presidente foi acompanhado por vários empresários e defendeu o fortalecimento econômico dos países em desenvolvimento. Brasil e Índia, ao lado da China, integram o bloco econômico dos Brics. Os esforços de Lula são citados no comunicado.

O prêmio é concedido desde 1986. Foram agraciados o ex-secretário geral das Nações Unidas Kofi Annan, o ex-presidente da União Soviética Mikhail Gorbachev e o ex-primeiro-ministro da República Tcheca Václav Havel, entre outros.

    Leia tudo sobre: lulaíndiaprêmio indira ghandipaz

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG