Homem ameaça se matar na portaria do Palácio do Planalto

Homem de 31 anos, vestido de preto, chegou armado e exigia a presença da imprensa

AE |

selo

Um homem jovem, de 31 anos, todo vestido de preto, tumultuou hoje a recepção do Palácio do Planalto, em Brasília. Por volta das 9h45 da manhã ele chegou ao local e por quase uma hora ameaçou se suicidar. Identificado como Maycon Kusther Pinheiro e oriundo de Vila Velha (ES), ele portava um revólver calibre 38, exigia a presença da imprensa e dizia que "isso tudo só está acontecendo porque recorri a todas as esferas da Justiça e não fui atendido".

Leia também: Homem tenta invadir Palácio do Planalto de motocicleta

Por volta das 10h45, depois de intensa negociação conduzida pelo chefe da segurança presidencial, General Amaro, Maycon se entregou. Agora ele está sendo levado para a Polícia Federal. Nesse período de aproximadamente uma hora, a entrada e a saída do Planalto ficaram interditadas.

Maycon tinha em mãos uma carta - que aparentemente estava impressa em papel timbrado da Defensoria Pública do Distrito Federal - que pretendia entregar à presidente Dilma Rousseff . Ele alegava ser perseguido por uma organização criminosa e, como não conseguiu amparo na Justiça, estaria ali tentando o suicídio.

    Leia tudo sobre: Palácio do PlanaltoSuicídiohomem armado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG