Haddad e Tatto confirmam inscrição em prévia do PT

Marta Suplicy ainda não tornou pública a data de entrega das suas assinaturas e alimenta rumores de que retirará seu nome

AE |

selo

AE
O ministro da Educação e pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad
A uma semana do prazo final de inscrição nas prévias do PT para disputar a Prefeitura de São Paulo, apenas um dos cinco pré-candidatos do partido apresentou as assinaturas necessárias para o registro na eleição interna. Outros dois candidatos, no entanto, já marcaram as datas de entrega dos nomes. De acordo com as regras da legenda, para uma pessoa disputar a prévia partidária, são necessárias assinaturas de, pelo menos, 3.181 filiados.

Apesar de a direção do partido estar preparando a disputa para ser realizada no dia 27 de novembro, as prévias ainda são vistas com certa desconfiança no PT, cenário agravado agora com o tratamento de saúde do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Os aliados do ministro Fernando Haddad (Educação) dizem que querem a entrada dele na eleição interna para legitimar a sua escolha como candidato do ex-presidente, mas, para outras correntes do partido, a defesa das prévias seria mera retórica e já há articulação nos bastidores a favor da unidade em torno do nome de Haddad.

A ex-prefeita Marta Suplicy ainda não tornou pública a data de entrega das 3.181 assinaturas, o que alimentou rumores de que, sem o apoio interno no partido e isolada em razão do crescimento da pré-candidatura de Haddad, ela não vai se inscrever na disputa. O Estado apurou, no entanto, que Marta pretende apresentar as assinaturas na próxima segunda-feira, prazo limite para o registro. Segundo interlocutores da ex-prefeita, ela já tem os nomes necessários. A articulação de Lula em favor de Haddad acuou o grupo de parlamentares próximos a Marta, que defende agora sua saída da disputa.

Dos pré-candidatos, apenas o deputado Carlos Zarattini apresentou as assinaturas necessárias. Haddad deve entregar a inscrição ainda hoje, e o deputado Jilmar Tatto disse que pretende apresentar a lista de apoios na segunda-feira. O senador Eduardo Suplicy não informou quando vai apresentar a lista.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG