Haddad é primeiro nome do PT a ter apoio formal para 2012

Ministro da Educação recebe neste sábado endosso do diretório zonal do Ipiranga, que reúne 4 mil filiados

Ricardo Galhardo, iG São Paulo |

Criticado por supostamente ter pouco trânsito dentro do PT de São Paulo, o ministro da Educação, Fernando Haddad, será o primeiro pré-candidato do partido à prefeitura da capital a receber formalmente o apoio de um diretório zonal da sigla.

O diretório do Ipiranga - um dos 36 que o partido possui em toda a cidade e que reúne mais de 4 mil filiados - agendou para este sábado um encontro em que pretende aprovar uma moção de adesão à pré-candidatura do ministro da Educação. Dos 15 membros da instância, 11 já aderiram ao nome do ministro, mas o objetivo é trabalhar para chegar à unanimidade.

AE
Ministro é o favorito do ex-presidente Lula para a vaga

A adesão começa a evidenciar os resultados do trabalho comandado por Haddad, com aval do ex-presidente Lula, para vencer a resistência de setores do partido a uma chapa encabeçada pelo ministro da Educação. 

O diretório do Ipiranga não é ligado a nenhum vereador ou parlamentar. A decisão de apoiar Haddad - que por enquanto tem como principal rival na disputa interna a ex-prefeita Marta Suplicy - ocorreu em discussões com a base do partido na região.

O diretório do Ipiranga decidiu também que não vai participar das caravanas do PT, série de debates organizada pelo partido com o objetivo de mobilizar a militância para as eleições do ano que vem. A ideia é substituir o ato por um evento de outro formato, sob o argumento de que o modelo das caravanas contribui para a realização de prévias. 

A ideia inicial do PT era realizar 36 caravanas, uma em cada diretório. O número de eventos já caiu para 33. Além da decisão da instância do Ipiranga, os diretórios da Lapa e Perdizes optaram por um evento único, assim como os da Saúde e do Jabaquara.

    Leia tudo sobre: eleições 2012Fernando Haddad

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG