Por falta de atualização do Cadastro Único, famílias deixaram de receber a ajuda financeira de até R$ 200 do programa

O governo federal anunciou nesta terça-feira (22) o cancelamento de 273.263 benefícios do Bolsa Família. Por falta de atualização do Cadastro Único, essas famílias deixaram de receber a ajuda financeira de até R$ 200 por mês. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social, os beneficiários que não atualizaram seus dados até 31 de dezembro perderam o Bolsa Família em fevereiro.

O número de cancelamentos corresponde a 24,8% do total de 1,1 milhão de famílias que precisaram atualizar seus cadastros no ano passado. A atualização cadastral dos beneficiários é necessária a cada dos anos. Em fevereiro de 2010, foram cancelados cerca de 550 mil benefícios. Na época, 3,4 milhões precisavam renovar as informações no Cadastro Único, base de dados dos programas sociais.

De acordo com o ministério, as famílias recebem avisos em seus extratos de pagamento e têm praticamente o ano inteiro para ir até a prefeitura do município onde vivem para realizar a atualização cadastral. A partir de novembro, o usuário que não tiver seus dados atualizados tem o benefício o bloqueado e uma segunda chance, até 31 de dezembro, para evitar o cancelamento.

Para continuar a receber a ajuda do governo, além da atualização, os beneficiários precisam manter os filhos na escola e a agenda de saúde em dia. O programa atende 13 milhões de famílias em todo País.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.