Governadores lamentam morte de Alencar

Anastasia, de MG, cita Guimarães Rosa para fazer homenagem; para Cid Gomes (CE), Alencar prestou ao País contribuição imensurável

iG São Paulo |

O governador de Minas Gerais Antonio Anastasia lamentou o falecimento de José Alencar, nesta terça-feira, destacando a luta dele contra o câncer há mais de dez anos.

“Minas já deu muitos exemplos para o Brasil de vida e de luta. Poucos foram tão marcantes como é o caso do empresário, político e cidadão José Alencar. Sua luta incansável contra a doença, com certeza, vai ficar na memória de todos nós brasileiros”, destacou Anastasia.

O governador também lembrou Guimarães Rosa para homenagear Alencar. “As pessoas não morrem, ficam encantadas”, parafraseou o poeta. “É o caso do José Alencar. Um exemplo de resistência, persistência e esperança. À família que acompanhou suas batalhas, o nosso pesar, nossa solidariedade, o nosso abraço”.

Anastasia também informou que irá decretar luto oficial e que procedimentos referentes ao velório dependem da família. "Vamos aguardar. É claro que Minas Gerais estará aqui sempre solidária para receber e prestar as homenagens a esse grande brasileiro."

O governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), também manifestou o seu pesar com a morte do empresário, a quem chamou de “político honrado, mestre da coragem e da serenidade”, e disse que vai comparecer ao velório.

“José Alencar prestou ao País uma contribuição imensurável, apoiando o presidente Lula, durante os dois mandatos, na cruzada pela redenção econômica e erradicação da miséria. Exemplo de tenacidade e fé, lutou bravamente pela vida, no que também ofereceu lições aos brasileiros. O Brasil perde um dos seus políticos mais ilustres, pelo que externamos nossa dor e eterna saudade”, declarou.

    Leia tudo sobre: josé alencarcid gomesantonio anastasia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG