Governadores do PSB se reúnem com Dilma em Brasília

Cid Gomes e Eduardo Campos discutem com a presidenta eleita a participação do partido no novo governo

Adriano Ceolin, iG Brasília |

Os governadores Cid Gomes, do Ceará, e Eduardo Campos, de Pernambuco, se reuniram na tarde desta sexta-feira com a presidente eleita Dilma Rousseff (PT). Ambos do PSB, os dois trataram sobre a participação da sigla no ministério. O encontro, realizado na Granja do Torto, também contou com a presença de Roberto Amaral, vice-presidente do PSB.

“Está quase tudo certo. Só falta um detalhe”, disse Amaral, o único que aceitou falar. Ele, Campos e Cid deixaram o encontro juntos e seguiram para o aeroporto. O governador de Pernambuco disse que precisava embarcar e não poderia dar entrevista naquele momento. Cid também alegou pressa para voltar para o Ceará e não falou com a reportagem.

A reunião com os governadores coincidiu com o cancelamento do anúncio de mais três ministros inicialmente marcado para esta tarde. A própria assessoria de Dilma havia confirmado as nomeações de Fernando Pimentel para a pasta de Desenvolvimento Econômico, Antonio Patriota para Relações Exteriores, e a permanência de Nelson Jobim na Defesa.

O PSB negocia a indicação para dois ministérios: Integração Nacional e Secretaria Nacional de Portos. No entanto, poderá ganhar mais um. Dilma ofereceu o Ministério de Micro e Pequena Empresa ao senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE). Com isso, a vaga dele no Senado ficaria com o seu primeiro suplentes, o presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra.

O nome de Campos para a Integração Nacional é Fernando Bezerra, secretário de Desenvolvimento Econômico do governo pernambucano. Para a Secretaria de Portos, a bancada do PSB na Câmara indicou o atual líder Márcio França (SP). Ele, porém, enfrenta resistência do PT de São Paulo.

    Leia tudo sobre: dilmatransiçãogoverno

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG