Gostaria de ser o próximo prefeito de Fortaleza, mas não posso, diz Ciro

Socialista critica a gestão de Luizianne Lins (PT), aliada do seu irmão, o governador Cid Gomes. Legislação proíbe sua candidatura

Daniel Aderaldo, iG Ceará |

Agência Assembleia Legislativa/Maximo Moura
O ex-ministro Ciro Gomes, durante evento no Ceará: para ele, "o caso do Palocci é gravíssimo"
O ex-ministro Ciro Gomes (PSB) voltou a expressar seu desejo de ser o próximo prefeito de Fortaleza. Durante evento na Assembleia Legislativa do Ceará, na manhã desta segunda-feira (30), ele fez duras críticas à administração da prefeita Luizianne Lins (PT), aliada política de seu irmão, o governador do Ceará, Cid Gomes (PSB).

"Eu gostaria de ser o próximo prefeito, eu só não posso”, disse durante o Fórum de Ideias Inovadoras em Políticas Públicas (FIP), em que palestrou sobre desenvolvimento sustentável. O que impede Ciro de concretizar seu desejo é o fato de seu irmão Cid Gomes ser o governador do Ceará. A legislação brasileira impede essa combinação de cargos eletivos do Executivo entre familiares.Na prática, se o irmão é governador, o outro não pode ser prefeito.

Ciro Gomes se elegeu prefeito de Fortaleza em 1988 pelo PSDB. Dois anos depois, foi eleito governador do Ceará. Para ele, a gestão de Luizianne, já no segundo mandato, padece de falta de planejamento. “A cidade de Fortaleza está absolutamente sofrida. Eu acho que é preciso deixar um pouco de lado a politicagem e pensar um projeto para a cidade. Fortaleza não aguenta mais tanto descalabro”, disse aos jornalistas.

“As pessoas falam dos buracos na rua, mas, passado o inverno, você passa uma camada de asfalto e engana todo mundo de novo. Buraco é completamente secundário. Passou o inverno, tem uma operação, que já começou, e ilude o eleitor. Está sendo assim há anos. Não se tem um planejamento estratégico de nada”, criticou.

Agência Assembleia Legislativa
Luizianne Lins (PT), prefeita de Fortaleza
O ex-ministro ponderou que os problemas mais sérios da capital cearense estão além da questão dos buracos na malha viária da cidade, alvos de críticas e protestos.

“Ninguém vai conseguir saber é a consequência para o futuro dessa cidade, por Fortaleza aparecer como quarto pior município, entre 184 municípios do Ceará, em qualidade de educação. Isso é um crime que se está praticando contra o futuro de uma cidade que é uma das mais lindas do Brasil”, disse.

Ciro se referia a uma pesquisa da Secretaria Estadual da Educação (Seduc) que coloca Fortaleza entre os municípios com pior desempenho na educação no Ceará, na 181ª posição, entre 184 municípios do Estado.

    Leia tudo sobre: Ciro GomesFortalezaprefeituraLuizianne Lins

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG