Gaguim articula oposição a Siqueira no Tocantins

Governador anuncia encontro com Michel Temer em janeiro para discutir cargos federais no Estado

Gilson Cavalcante, iG Tocantins |

O governador do Tocantins, Carlos Gaguim (PMDB), se reuniu ontem à noite com os 15 deputados estaduais da sua coligação eleitos, para discutir sobre a nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa. Com ampla maioria na Assembleia, Gaguim pretende liderar a oposição ao governador eleito Siqueira Campos (PSDB).

“Eu me sinto elogiado pela confiança e o apoio desses parlamentares e posso adiantar que a oposição fará um trabalho sério, de fiscalização, com responsabilidade e sempre atenta para defender a população tocantinense. Esse é o meu maior objetivo,” afirmou o governador.

A Assembleia Legislativa do Tocantins conta com 24 deputados. Apenas 9 são de apoio ao novo governador. No entanto, o deputado eleito Freire Júnior (PSDB) acredita que até fevereiro, quando será realizada a eleição da Mesa Diretora, a bancada de apoio a Siqueira contará com o apoio de 13 deputados.

Cargos federais

Após a reunião, Gaguim disse que no início do próximo ano o seu grupo político vai conversar com o vice-presidente eleito Michel Temer (PMDB) para discutir sobre a representação dos cargos federais no Tocantins.

“É um processo muito natural a ocupação dos cargos nos órgãos federais aqui no Estado. Vamos lutar e fechar os entendimentos com Temer e também com a nossa presidente Dilma Rousseff para que tudo seja feito com a maior transparência e sem nenhum favorecimento,” defendeu o governador.

“Ficou muito claro que vamos respeitar o resultado das urnas. O governador eleito vai comandar o Executivo, e a nossa base, os 15 deputados estaduais, vai eleger a Mesa Diretora da Assembleia,” adiantou o deputado eleito José Augusto Pugliese (PMDB), cuja reunião ocorreu em sua residência.

    Leia tudo sobre: política

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG