Ex-ministro reuniu aliados desta quinta-feira para discutir processo do mensalão que corre no Supremo Tribunal Federal

O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu confirmou nesta quinta-feira que convocou uma reunião no fim da tarde, para discutir com seus aliados no PT o processo que corre na Justiça sobre o mensalão. O encontro, relatado pelo iG , foi realizado sem alarde no fim da tarde de hoje, depois que o Diretório Nacional petista realizou sua primeira reunião desde que a presidenta Dilma Rousseff foi eleita.

"Foi uma reunião com meus apoiadores, para discutir a minha agenda", disse Dirceu, durante a festa de 31 anos do PT, para onde seguiram os petistas que participaram das discussões.

Dirceu teve seus direitos políticos cassados em 2005, quando perdeu o mandato de deputado em meio às denúncias sobre a crise do mensalão. Participantes da reunião de hoje relataram ao iG que o ex-ministro limitou-se a agradecer aos aliados apoio que vem recebendo desde então e deixou que os demais participantes se encarregassem de pedir que o PT saia em defesa dos dirigentes que se viram envolvidos no escândalos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.